Sindicato Nacional dos Trabalhadores
em Atividades Subaquáticas e Afins
Na designação da nossa missão, só temos como opção a vitória!

 

SINTASA E A RESPONSABILIDADE

FINANCEIRA, POLÍTICA E ÉTICA

                                                  O novo sempre vem!

        Os experientes profissionais que fazem parte da Diretoria do SINTASA ao longo desses anos, têm atenção permanente na involução das relações entre os Subaquáticos, os patrões e seu sindicato.

RESPONSABILIDADE FINANCEIRA

                     Nas reivindicações da categoria sobre qualquer indenização, correção, ou aumento real de ganho financeiro, “eles”, (vide Siemasa), logo balançam freneticamente a bandeira da “crise” e se escondem.

Vale lembrar que já estivemos em momentos melhores em nossa economia, e “eles” sempre arrumaram uma desculpa esfarrapada para surrupiar os profissionais de maior periculosidade laboral exercido no Brasil.

                       Dizemos em alto em bom som, que o Patronato é descompromissado, e até irresponsável quando no trato de nossa categoria!

                        É hora de mudarmos essa relação.

Em todo mundo, para melhoria na qualidade de trabalhos, vem se desenvolvendo melhores relacionamentos nos sistemas produtivos.

 Nós queremos que hajam mais empresas e mais postos de trabalho.

 O Brasil precisa disso, mas com o reconhecimento e respeito entre as partes (trabalhadores rendem mais e estão  seguros).

 Precisam ir para jornada de trabalho com a única preocupação do desempenho de sua função.

Um exemplo bem claro é o que ocorre com a nossa categoria no que pertine aos Acordos Coletivo de Trabalho ou a Convenção Coletiva de Trabalho que sempre retarda, por culpa exclusiva do patronato,quando o tema é reposição salarial,e a consequente assinatura.

Temos provas incontestes da má fé contra o SINTASA.

Esses (patronal) são proteladores contumazes há anos e, para driblar isso, usando de ação criativa começamos a trabalhar empresa por empresa para ver se o bom senso prevalece e o trabalhador não se prejudica tanto.

Nossas famílias não podem esperar!

Basta a preocupação pela qual passam quando estamos embarcados.

É evidente que não precisa ser Mergulhador Raso, Profundo,  Apoio ou da Robótica,para entender que estar numa plataforma de petróleo e/ou navio de operações é como se estar sobre uma bomba prestes a explodir.        

            Outra prova séria dessa tentativa de desmanche, e está se transformando numa matéria, é ação escabrosa de ataque à nossa reserva econômica do Sindicato (... e não podemos deixar de lembrar: uma reserva prudente conquistada com anos e anos de administração regrada, honesta e transparente, checada e comprovada em diversas auditorias idôneas).

                   Esse ataque às nossas reservas financeiras, diminuíram o nosso poder de fogo via meios de comunicação nacional, curso de incentivo, redução das viagens de forma estar juntos com os companheiros espalhados por todo território nacional.                         

Hoje, e com mais a firmeza administrativa, estamos no empenho de nossa recuperação, de forma deixar o SINTASA combativo e pronto  para  qualquer embate em favor dos Subaquáticos.                         

Deixamos também um amigável convite para você que conhece o SINTASA, e que por alguma razão se afastou,assim como você, que está chegando na categoria, a vir aqui conferir nossa trajetória de luta e  transparência.

 Ajude!  Participe! Vote! Venha formar com o tempo sua própria chapa, lançar suas ideias... e assim, democraticamente todos vamos crescendo.

RESPONSABILIDADE POLÍTICA

          Nossa política vem se baseando através dos tempos na meritocracia, ou seja, na arte de observar ações e resultados daqueles que se doam e trabalham em prol do SINTASA.  

             Algumas ações e atos inconsequentes impede-nos de avançar enquanto sociedade civil organizada.

               Evidentemente isso não quer dizer que estamos sozinhos, pois a preponderância do sentimento de coletividade se sobrepõe ao individualismo egoísta, rancoroso, e porquê não dizer ..., doentio.

               Em nossa política interna, a prática de voz é para todos!

             No que tange a política externa temos a retidão do nosso lado, pois Acordos exclusos que têm como finalidade o prejuízo institucional jamais serão postos em pauta.

             Citamos o parágrafo acima em razão da inversão de valores que permeia as relações conjunturais.

             Ex.: Relação capital x trabalho. (O Poder Público cria mecanismos de favorecimento e protetivos em prol do poder econômico como se esses fossem a parte débil de todo esse contexto).

             A palavra que está em moda. Crise!

            É claro que uma Instituição de Âmbito Nacional, igual ao SINTASA, é órgão político sim, mas não é partidário dessa ou daquela posição de forma e/ou maneira ferrenha porquê o nosso posicionamento é em defesa dos direitos e deveres  da classe trabalhadora subaquática.

           Convidamos-os para participarem com as suas ideias e opiniões dentro de um espaço propício, e assim numa análise conjunta adotarmos as melhores estratégias.

 

RESPONSABILIDADE ÉTICA

                 E se você leu até aqui reparou que seguimos uma linha coerente.

             É evidente que temos problemas de todas as ordens.

             Ex.: Um companheiro que se acidentou trabalhando e o descaso como é tratado pelas empresas em nome da cobiça; o entreguismo e o descompromissado serviço público que cria mecanismos de investigação contra os sindicatos por razões pífias e/ou sem fundamentos por conta de falsas denúncias, ou na base do ouvi dizer; ataques covardes através das redes sociais com condão espúrios; e muitos fatores desagregadores.

            Nosso ego não fica de frente, um ajuda o outro quando isso tenta acontecer. Se uma parte dessa estrutura está mais mobilizada do que em outras, temos o dever de redirecionar nossas forças para quem está mais debilitado no processo de luta e trazê-los para perto dos mais fortes. Isso é estar juntos!

          Batemos na tecla de andar junto, ombro a ombro, ninguém a frente e nem atrás, e nem abaixo e nem acima, seguindo uma única e democrática decisão da maioria.

            Respeitamos as regras e seguimos juntos com a responsabilidade de como usar ideias e votos nas questões cruciais. Isso é o coletivo ético em que acreditamos. 

            Somos considerados um SINDICATO INDEPENDENTE.

             Temos orgulho disso, porque a vida de cada companheiro não está desprotegida por leis, normas, portarias ou procedimentos em seu dia a dia de trabalho.

              Trabalho esse perigoso e meticuloso que em muitas vezes matou colegas nossos por um punhado de dólares a mais para as empresas.

                       Reflitam companheiros!

Estamos vivendo um grave momento de crise de RESPONSABILIDADE FINANCEIRA, POLITICA E ÉTICA na sociedade, mas aqui, dentro do SINDICATO NACIONAL DOS TRABALHADORES EM ATIVIDADES SUBAQUÁTICAS E AFINS – SINTASA, não!

Aqui a honra continua intacta!

Permita-nos mostrar isso para você!

Integridade é tudo! 

Venha e traga suas ideias e sua força!     

                          

Saudações Subaquáticas

Edney Santos

Presidente